Home Destaque USP anuncia empresa que fará projeto de restauro do Museu

USP anuncia empresa que fará projeto de restauro do Museu

0
0

Depois de quatro anos interditado, o Museu Paulista, mais conhecido como Museu do Ipiranga, a USP anunciou, na segunda-feira (18), os projetos vencedores do concurso nacional de arquitetura para o restauro e a modernização do edifício-monumento do Museu.
A empresa vencedora, que ganhou o direito de celebrar o contrato para o desenvolvimento do projeto executivo das obras e receberá o prêmio de R$ 25 mil, foi a Hereñu + Ferroni Arquiteto Ltda. Além da empresa vencedora, outros dois projetos foram premiados: em segundo lugar, o escritório Pires Giovanetti Guardia Engenharia Arquitetura Ltda. e, em terceiro, Arquiteto Hector Vigliecca e Associados Ltda., que receberão R$ 15 mil e R$ 10 mil, respectivamente.
Com o anúncio do projeto vencedor, o Museu do Ipiranga já começa a ter um retrato de como ficará em 2022. “Estamos agora entrando na reta final para equacionar as necessidades e os problemas diagnosticados no edifício-monumento nos trabalhos de prospecção realizados nos últimos anos”, explica a diretora do museu, Solange Ferraz de Lima. “A elaboração do projeto executivo pela empresa vencedora será o último ponto de inflexão em nosso planejamento para as obras e garantirá o início da execução do restauro e modernização com a segurança necessária a um trabalho desse porte”, completa.
O vencedor terá o prazo de 12 meses, a contar da assinatura do contrato, para a elaboração do projeto executivo, com um custo de R$ 5,6 milhões. Com o projeto finalizado, a USP poderá efetuar a licitação das obras, que deverão ter início em 2019. A previsão é que o museu seja reaberto em 2022, nas celebrações do Bicentenário da Independência. O edifício passará a ser dedicado exclusivamente à visitação pública, com exposições e espaços de fruição visual de sua arquitetura monumental.
Como critérios de avaliação, foram considerados aspectos como racionalidade, funcionalidade e exequibilidade técnica; respeito às características materiais, estruturais, composição e documentais do edifício; criatividade, solução estética e inovação do projeto; atendimento às especificidades do uso e das soluções de circulação e acessibilidade; e adoção de critérios e soluções de projeto para a sustentabilidade ambiental.
O projeto vencedor foi escolhido por uma comissão julgadora composta de 11 membros indicados pela promotora do concurso, incluindo representantes dos órgãos de tombamento federal, estaduais e municipais, do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e por parceiros institucionais, como Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo.
O prédio, no nível do Parque da Independência, deve ter imensas vidraças que permitam a observação dos chafarizes e do ambiente externo. Ali serão instaladas bilheterias, livraria e café, além de um auditório e salas para o educativo do museu. Deste piso, um túnel levará a escadas rolantes que colocarão o frequentador no hall de entrada do edifício-monumento.
Outra novidade é o uso das coberturas, anteriormente utilizadas para a reserva técnica e cujo sobrepeso é apontado como uma das causas para os problemas sofridos pelo imóvel com os anos, como espaços expositivos. Os arquitetos planejam construir passagens entre os três pontos do andar mais alto do museu, justamente para criar um fluxo de pessoas de um canto a outro. E se a ideia é apreciar a paisagem, um mirante também deve ser construído no topo do edifício.
O Museu do Ipiranga foi fechado à visitação pública em 2013 e, desde então, o prédio vem passando por uma série de intervenções estruturais. Paralelamente, o museu começou a tratar da transferência de seus acervos para viabilizar a execução das obras, tendo sido concluídas e reabertas ao público a Biblioteca e a área de Documentação Histórica e Iconografia.
O concurso foi lançado no último 7 de setembro, dentro das comemorações do Museu do Ipiranga em Festa. Ainda em setembro, foram realizadas duas visitas técnicas com os interessados, além do atendimento aos esclarecimentos por meio da publicação das respostas no site oficial do concurso. De um total de 13 trabalhos inscritos, nove foram habilitados para a participação.

  • Horóscopo

    Áries: Não desanime se algo deu errado. Não é preciso vencer sempre, mas é fundamental nun…
  • Forró para todas as idades na Galeria Olido, no Centro

    Um grande baile de xote, baião e arrasta-pé é o prato cheio para quem gosta de dançar e nã…
  • Edge ganha visual atualizado

    A Ford adiantou uma das novidades do SUV Edge 2019. O veículo acaba de ganhar uma reestili…
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregaer Mais em Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *