Sábado, 29 de Abril de 2017   
Google   
Para anunciar ligue: 2914-0655   
HOME        |        O JORNAL        |        EXPEDIENTE        |        A REGIÃO        |        SUPLEMENTOS        |        VERSÃO DIGITAL        |        SUGESTÃO       |        LINKS        |        CONTATO

Auto News     |    Beleza     |    Bom Apetite     |    Casa & Cia     |    Cultura & Lazer     |    Especiais     |    Horóscopo     |    Nossa Opinião    |    Se Vê na TV     |    Turismo

 
    TURISMO


Vale à pena conhecer o Atacama

Quando se fala em deserto, logo nos vêm à mente muita areia e uma paisagem árida, com ventos e dunas banhadas por um sol escaldante. Nesta paisagem poderão aparecer camelos pilotados por beduínos e, vez por outra, um lagarto corre ligeiro na areia. No entanto, quando se fala no Deserto de Atacama, a história é bem outra e podemos nos preparar para boas surpresas.
Localizado no norte do Chile, a região atrai cada vez mais visitantes que se encantam com os picos nevados, lagoas de águas coloridas, salinas, profundos cânions por onde correm rios e crescem pomares, vulcões, vilarejos e ruínas de construções incas. Assim é o Atacama, tem tudo isso e ainda continua sendo um deserto.
Ele ocupa uma faixa de 200 quilômetros entre o Oceano Pacífico e as montanhas da Cordilheira dos Andes, deste modo, de um lado estão às praias e, de outro, os picos que podem chegar a cinco mil metros de altitude, formando uma paisagem única e maravilhosa.
Um dos primeiros lugares que encanta o visitante é San Pedro de Atacama, uma cidade que tem pouco mais de cinco mil habitantes e ruas de terra, mas é deste ponto que saem as excursões turísticas organizadas pelo governo chileno. Em San Pedro é quase que obrigatória uma visita ao Museu Arqueológico Padre Le Paige que guarda cerâmica, tecidos e múmias, além de arte sacra. Tem ainda a Igreja de San Pedro construída pelos colonizadores espanhóis no Século XVI.
Apesar do crescente interesse pela região, a maiores partes dos visitantes de San Pedro ainda são jovens mochileiros vindos principalmente da Europa para fazer o circuito inca entre Chile, Bolívia e Peru. Eles chegam de ônibus em bandos, aglomeram-se nas pousadas e “residenciales” (casas de moradores que alugam quartos), exploram a região de mountain bike, pedem carona nas estradas e, poucos dias depois, desaparecem por entre as montanhas do lado boliviano. Mas San Pedro também tem vários hotéis e pousadas de charme que recebem viajantes descolados, entre os quais muitos casais que buscam lugares românticos e curtir bons momentos a dois.

[Voltar]

   VERSÃO DIGITAL

   JABAQUARA NEWS
Home - O Jornal - Expediente - A Região - Suplementos - Versão Digital - Sugestão - Links - Contato
Auto News - Beleza - Bom Apetite - Casa & Cia - Especiais - Horóscopo - Nossa Opinião - Saúde - Se Vê na TV - Turismo
Copyrigth© - 2010 - Ipiranga News On Line - Todos direitos reservados - 2914-0655