Sábado, 29 de Abril de 2017   
Google   
Para anunciar ligue: 2914-0655   
HOME        |        O JORNAL        |        EXPEDIENTE        |        A REGIÃO        |        SUPLEMENTOS        |        VERSÃO DIGITAL        |        SUGESTÃO       |        LINKS        |        CONTATO

Auto News     |    Beleza     |    Bom Apetite     |    Casa & Cia     |    Cultura & Lazer     |    Especiais     |    Horóscopo     |    Nossa Opinião    |    Se Vê na TV     |    Turismo

 
    PESQUISA DA SEMANA


 Veja os resultados das pesquisas anteriores clicando aqui


População não quer Doria na presidência

O nome do prefeito João Doria (PSDB) como candidato à Presidência da República em 2018 vem ganhando cada vez mais força. Fora da lista de acusados na Operação Lava Jato, o prefeito tem o apoio de várias correntes do seu partido que são contrárias à candidatura de Geraldo Alckmin ou Aécio Neves, investigados suspeitos de cometer atos ilícitos. Doria está há menos de quatro meses à frente da Prefeitura, mas tem a sua gestão bem avaliada, o que reforça os pedidos de sua candidatura para substituir Michel Temer (PMDB) no Palácio do Planalto. A Pesquisa da Semana foi saber a opinião dos leitores sobre o assunto. 67,2% são contra a candidatura de Doria para presidência 2018.

“Não acho que ele tem que deixar a Prefeitura. No meu ver, Dória tem que finalizar os 4 anos como prefeito e depois sim se candidatar. Se o prefeito for candidato a presidente na outra eleição, voto nele”. Cláudio Novaes, 52 anos, autônomo.

“Não apoio e por mim não seria nem prefeito. Será que a riqueza dele foi ganha com honestidade? Ele já pagou a divida que tem com a Prefeitura? Falavam em mais de 500 mil, e que foi pago apenas 96 mil. Presidência não”. Luiz Aparecido, 51 anos, aposentado.

“Se o prefeito decidir deixar o cargo e se candidatar a presidente, será muito acertada a decisão de Doria. Voto nele e quero o governador Geraldo Alckmin como vice-presidente. Os dois juntos não tem pra ninguém”. Nanci da Silva, 66 anos, costureira.
“Prefeito é prefeito e não presidente. Ele mesmo disse que não largaria a prefeitura. Não contrarie suas próprias palavras. O Doria pode ser um excelente empresário, mas dirigir um país requer experiência que ele ainda precisa adquirir”. Elaine Bastos, 39 anos, administrativa.

“Colocar o Doria na presidência é o mesmo que eleger o Alckmin. Queremos gente nova, com experiência fora da política. Doria é a pessoa ideal para comandar o país, mas tem aliados que já não aturamos mais. Estamos cansados de motivações paralelas ao bem maior da nação”. Janete Lima, 53 anos, operadora de caixa.

“O Doria por enquanto é mito, é show. Ele ainda tem que governar, sentir na pele o peso do cargo e mostrar serviço. Por enquanto, não é confiável para um cargo de presidente da república. Ele tem que finalizar seu trabalho na Prefeitura”. José Oliveira, 50 anos, motorista.

“Ele já conseguiu apoios de lideranças de dentro e fora do PSDB e em muitos Estados. Mais que isso, tem também garantido o apoio da militância tucana. Com a realização de prévias ainda este ano, é praticamente certo que será o candidato do PSDB e com um grande número de partidos na chapa”. Tatiana Dionisio, 34 anos, operadora de caixa.

“Para 2018 acho muito recente, é um político fresco. Depois sugiro que ele vá para o governo e só depois se candidate a presidente. Estamos fartos de figurinhas repetidas, mas apostar em um novo sem experiência não dá”. Opinião enviada pela leitora Antônia Rocha, 57 anos, arquiteta.

[Voltar]

   VERSÃO DIGITAL

   JABAQUARA NEWS
Home - O Jornal - Expediente - A Região - Suplementos - Versão Digital - Sugestão - Links - Contato
Auto News - Beleza - Bom Apetite - Casa & Cia - Especiais - Horóscopo - Nossa Opinião - Saúde - Se Vê na TV - Turismo
Copyrigth© - 2010 - Ipiranga News On Line - Todos direitos reservados - 2914-0655