Sábado, 29 de Abril de 2017   
Google   
Para anunciar ligue: 2914-0655   
HOME        |        O JORNAL        |        EXPEDIENTE        |        A REGIÃO        |        SUPLEMENTOS        |        VERSÃO DIGITAL        |        SUGESTÃO       |        LINKS        |        CONTATO

Auto News     |    Beleza     |    Bom Apetite     |    Casa & Cia     |    Cultura & Lazer     |    Especiais     |    Horóscopo     |    Nossa Opinião    |    Se Vê na TV     |    Turismo

 
    MATÉRIA

CineB leva cinema gratuito a comunidade da Água Funda

A Associação dos Moradores Amigos da Água Funda (AMAAF) abriu as portas da entidade na quinta-feira (20), véspera do feriado de Tiradentes, para um evento prá lá de especial: uma sessão do Cine B com o filme “Pequeno Segredo”.Após a sessão, o diretor do longa, David Schürmann, participou de um bate papo e, por mais de uma hora, contou aos moradores detalhes das gravações e da história real de sua irmã adotiva em que o filme foi baseado.
Para a presidente da AMAAF, Isabel Graciana Mendes dos Ramos, a primeira vez que o Cine B esteve na entidade, em novembro do ano passado, repercutiu bastante entre os associados e frequentadores dos projetos de cultura. “Várias pessoas, depois da sessão, me encontravam na rua e perguntavam quando o Cine B voltaria”, relembrou. Isabel contou, antes da sessão, que a expectativa era grande por conta do bate-papo com o diretor do longa: “É uma oportunidade única que a comunidade têm de estar próximo a um diretor e saber como tudo isso acontece, porque é fácil ver na tela pronta, mas o que acontece nos bastidores é difícil de imaginar”.
Irene Luchesi, de 81 anos, moradora da Vila Guarani é um exemplo. Ela adora uma novidade e estava lá para assistir ao filme e conhecer o diretor. Foi à sessão acompanha pelo vizinho, Mario Ferreira Ramos. “A gente anda junto por causa da segurança”, confessou. Diz que trabalhou na associação mas hoje somente frequenta as aulas de zouka, dança e participa semanalmente do baile que a entidade promove.
Na abertura oficial, ao lado do coordenador do Cine B, Cidálio Vieira Santos, Isabel lembrou que as pessoas estão deixando de ir ao cinema, principalmente aqueles de porta para a rua. “Os cinemas do Centro praticamente acabaram”, lamentou. “Por isso acreditamos nesse projeto. Ele reúne as pessoas, como antigamente os cinemas faziam”, enfatizou.
Ao final da sessão, a produção do Cine B montou uma mesa com Schürmann, Daniela Bontempi e Cidálio.

[Voltar]

   VERSÃO DIGITAL

   JABAQUARA NEWS
Home - O Jornal - Expediente - A Região - Suplementos - Versão Digital - Sugestão - Links - Contato
Auto News - Beleza - Bom Apetite - Casa & Cia - Especiais - Horóscopo - Nossa Opinião - Saúde - Se Vê na TV - Turismo
Copyrigth© - 2010 - Ipiranga News On Line - Todos direitos reservados - 2914-0655